Validade dos Certificados de Calibração


Validade de CertificadoÉ comum falarmos sobre a validade dos Certificados de Calibração visando determinar a periodicidade de calibração do instrumento de medição relacionado ao certificado. O interessante é que, Certificado de Calibração valida passado e não, futuro.

É isso mesmo, o Certificado de Calibração valida as medições executadas até o momento da calibração não tendo valor, no minutos seguinte a calibração.

Exemplo: Vamos considerar um Certificado de Calibração relacionado a um determinado instrumento de medição com emissão em abril de 2016 e, um segundo Certificado de Calibração do mesmo instrumento emitido em abril de 2017. Caso os valores contidos nos dois Certificados de Calibração estejam compatíveis, ou seja, dentro do critério de aceitação determinado para o instrumento de medição em questão, o Certificado de Calibração emitido em abril de 2017 garante apenas que, as medições realizadas entre abril de 2016 e abril de 2017 estão corretas. Não há garantias que o instrumento continue mantendo as mesmas características metrológicas após abril de 2018 em função das condições ambientais, transporte, manuseio entre outros fatores.

Outra questão que sempre respondemos é: Por que devemos calibrar o instrumento assim que compramos ?. 1°- Para confirmar que o instrumento atende as características metrológicas indicadas pelo fabricante; 2°- Para termos referência em comparação com a segunda calibração motivo pelo qual, é aconselhável que a segunda calibração seja relativamente próxima a primeira.

Então que dizer que, não temos como garantir as medições entre a primeira e a segunda calibração ?. A resposta correta é sim, mas em função do projeto do instrumento, temos como “garantir’ que este ira manter as características metrológicas do momento da calibração.

Outra pergunta que também nos é colocada com frequência. Como, não temos como garantir as medições após a data da calibração, por que temos instrumentos com periodicidade de calibração de dois ou três anos uma vez que, não podemos confiar no dia seguinte ?. 1°- É claro que, o instrumento foi projetado para suportar as condições ambientais e de manuseio e com isso, esperamos o que instrumento mantenha suas características metrológicas durante o período de calibração determinado à ele; 2°- Outro ponto esta relacionado, a necessidade das verificações intermediárias o que confirma, as características metrológicas ainda permanecem iguais a ultima calibração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *